Vídeos para emagrecer

Casos famosos de doping

Veja alguns casos de doping que ficaram famosos.

por Everson Alves

O doping é um problema atual. Mas não é de hoje que atletas se dopam antes de participar de grandes eventos esportivos. O problema já existe há mais de um século, começou com as grandes competições, quando vários países competiam entre si.

Os atletas olímpicos da Grécia comiam testículos de carneiro (fontes de testosterona), por volta do século VIII a.C.. Já no século III a.C. os atletas tomavam cogumelos alucinógenos (estimulantes). Os romanos tomavam estimulantes para enfrentar as provas: cafeína, nitroglicerina, álcool, ópio e inclusive estricnina. Veja a lista de alguns atletas q se envolveram com o doping:

» 1904: Thomas Hicks ganhou a maratona depois de ter tomado doses de conhaque e estricnina.
» 1960: o ciclista dinamarquês Knut Jensen morreu durante o Giro de Itália, uma das mais importantes provas de ciclismo do mundo.
» 1967: Tom Simpson morreu durante a volta França, foram encontrados dois tubos de anfetaminas cheios e um vazio nas coisas do atleta.
» Décadas de 70 e 80: países da antiga URSS foram acusados de várias práticas antidoping.
» 1988: Ben Johnson, atleta canadense, bateu o próprio recorde nos 100 metros rasos na Olimpíada de Seul. Porém havia consumido esteróides anabolizantes antes da prova. Além de perder a medalha de ouro, foi expulsou dos jogos e o suspenso por dois anos. Em 1993, foi flagrado novamente numa competição em Montreal (Canadá).
» 1995: Sueli Pereira dos Santos ficou fora do Pan-Americonno de Mar Del Plata, foi flagrada no exame, pois usou methenolone e metabolite.
» 1999: a fisiculturista Lúcia Helena de Jesus Gomes morreu vítima de hepatite medicamentosa, causada pelo uso contínuo de esteróides anabolizantes. Ela já havia sido suspensa em 1996.
» 2002: o jogador de vôlei, Giba, usou maconha e ficou suspenso por oito partidas pela Federação Italiana de Vôlei.
» 2003: Maureen Maggi foi suspensa do Pan-Americano de Santo Domingo, a saltadora usou um creme que continha uma das substâncias proibidas.
» 2005: Roberto Heras, vencedor da Volta da Espanha, perdeu o título e foi suspenso por 2 anos.
» 2007: a nadadora Renata Burgos da Unaerp, foi suspensa depois que encontraram metabólitos de estanozolol em sua urina durante um exame anti-doping preparatório para o Mundial de Esportes Aquáticos de Melbourne, na Austrália.
» 2007: Rebeca Gusmão, foi flagrada nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro e foi suspensa por dois anos.
» 2007: Ouyang Kunpeng, nadador chinês, foi banido para sempre das piscinas.
» 2009: no teste do corredor William Gomes Amorim, foi encontrado testosterona exógena, e ele está suspenso preventivamente até julgamento do STJD.
» 2009: Daniel Lopes Ferreira foi flagrado com metanfetamina em uma prova disputada em maio. Marcos Felix apresentou prednisolona em maratona em abril.

Evolução do doping. (richardmasoner/flickr)

Evolução do doping. (richardmasoner/flickr)

Atletas brasileiros de provas de pista ou campo envolvidos com doping: Bruno Lins (200 e 4 x 100 m), Evelyn Santos (4 x 100 m), Fernanda Gonçalves (salto em distância), Jenifer do Nascimento Silva (3.000 c/ obstáculos), João Gabriel Santos Souza (salto com vara), Jorge Célio (200 e 4 x 100 m), Josiane Tito (4 x 400 m), Leonardo Elisário dos Santos (salto triplo), Luciana França (400 m c/ barreira), Lucimar Teodoro (400 m c/ barreira), Lucimara Silvestre (heptatlo), Marcelo Moreira (arremesso de peso), Rodrigo Bargas (400 m) e Hamilton Castilho (arremesso de peso). E Mariana Ohata (triatlo) e Lorena Rezende (natação).

Seja o primeiro a comentar!

Participe, deixe um comentário: