Claudinei Quirino

por Everson Alves

Data de Nascimento: 19/11/1970

Peso e altura: 82.00kg | 1.85m

Melhores marcas: 100 metros » 10,12 s | 200 metros » 19,89 s | 400 metros » 46,57 s

Claudinei Quirino durante prova revezamento. (Benê Turco/CBAt)

Claudinei Quirino durante prova revezamento. (Benê Turco/CBAt)

Claudinei Quirino da Silva é um ex-atleta brasileiro que nasceu em Lençóis Paulista, dia 19 de novembro de 1970. Claudinei morou em um orfanato até os 17 anos, pois seus pais eram muito pobres. Trabalhava em uma lanchonete de um posto de gasolina quando resolveu ir treinar com um amigo de trabalho e foi descoberto por um técnico de atletismo, aos 21 anos. Claudinei sempre deixou claro que graças ao esporte cresceu na vida e continuou os estudos.

Na sua primeira competição foi convidado a mudar para Salto e depois foi para Presidente Prudente, onde começou a se destacar. Claudinei tornou-se um dos maiores corredores brasileiros, após vários problemas financeiros e físicos. Corria nas provas de 100m, 200m, 400m e 4x100m rasos. Conquistou recordes sul-americanos nas provas de 200m, com 19s89, e no revezamento 4x100m, com 37s90.

Nos jogos olímpicos de Sidney, 2000, conquistou a medalha de prata nos 4x100m, com 37s90, faziam parte do quarteto Edson Luciano, André Domingos e Vicente Lenílson. No Campeonato Mundial de Atletismo de Atenas, em 1997, Claudinei Quirino ganhou a medalha de bronze nos 200m, com 20s26; em 1999, na Sevilla, conquistou a prata nos 200m, com 20s e o bronze nos 4x100m.

No Pan-americano de Winnipeg em 1999 ganhou o ouro na prova de 200m e no revesamento 4x100m. Ainda em 1999 ganhou ouro na etapa final do Grand Prix da IAAF, em 1999, em Munique na prova de 200m, com 19s89. Em 2003, no Pan de Santo Domingo, ganhou a prata no 4x100m com o quarteto campeão de Sidney. Em 2005, Claudinei foi convidado para integrar a equipe de Bobsled brasileira, como atleta reserva do trenó de 4, competiu nas Olimpiadas de Inverno de Turim, em 2006. Após essa participação, Claudinei Qurino deu um tempo com o esporte competitivo.

Seja o primeiro a comentar!

Participe, deixe um comentário: