Keila Costa

por Everson Alves
  • Data de Nascimento: 06/02/1983
  • Peso e altura: 62.00kg | 1.70m
  • Melhores marcas: Salto em distância » 6,88 m | Salto triplo » 14,11 m
Keila Costa comemora após o recorde sul-americano em São Paulo. (Wander Roberto de Oliveira/CBAt)

Keila Costa comemora após o recorde sul-americano em São Paulo. (Wander Roberto de Oliveira/CBAt)

Keila Costa Keila Costa é natural de Abreu e Lima/PE. Como vários atletas nacionais, Keila passou por diversos desafios para chegar onde está hoje, no topo do atletismo mundial.

Aos nove anos, seguindo os passos de sua irmã mais velha, Keila começou a treinar no Projeto Atletas do Futuro. Logo aos 12 anos, Keila já treinava em um simples campo, sem pistas modernas e nem o mínimo de infra-estrutura que encontramos nos grandes centros de treinamentos hoje em dia.

Competindo em duas modalidades de salto, em distância e o salto triplo, Keila despontou no cenário internacional disputando dois campeonatos mundiais juniores. Na edição de 2002 do campeonato, Keila conquistou a medalha de bronze, sendo a primeira medalha brasileira em campeonatos juniores da história.

Também no ano de 2002, Keila Costa quebra o recorde júnior sul-americano de salto em distância com a marca de 6,46m. Com todos esses resultados, não demorou muito para Keila Costa ser comparada a Jadel Gregório como duas grandes promessas para o atletismo brasileiro.

Após um longo período de contusão, Keila resolve mudar para São Paulo e seguir os passos de Maurren Maggi. Após uma participação um pouco apagada na sua primeira olimpíada em Atenas/2004, Keila se junto a outros saltadores de peso e começa a treinar com o respeitado técnico Nélio Moura. Em 2007, logo no seu segundo ano de treinamento com Nélio Moura, Keila Costa realizou várias competições importantes e com marcas impressionantes: 6,88m no salto em distância e 14,57m no triplo.

A própria Keila comenta que o ano de 2007 foi um ano muito bom: “2008 não foi tão bom como 2007 por uma lesão que eu sofri no meu joelho direito, que afetou muito meu salto triplo. Eu tive que trocar minha perna de salto para minha perna esquerda. No entanto, apesar de não conseguir o meu melhor, eu consegui chegar a final olímpica e isso me deu um enorme incentivo pro futuro.”

Hoje, o principal objetivo da saltadora Keila é continuar treinando forte e fugir de lesões. Nos próximos anos, Keila Costa espera superar a barreira dos 7 metros e chegar às Olimpíadas de 2012 com plenas condições de trazer uma medalha para o Brasil, seguindo o exemplo da colega Maurren Maggi.

Seja o primeiro a comentar!

Participe, deixe um comentário: