Maurren Higa Maggi

por Everson Alves

Data de Nascimento: 25/06/1976

Peso e altura: 62.00kg | 1.73m

Melhores marcas: Santo em distância » 7,26 m | Santo triplo » 14,53 m | 100 metros com barreira » 12,71 s

Maurren Maggio comemora a medalha de ouro nas Olimpíadas de Pequim. (Wnader Roberto/COB)

Maurren Maggio comemora a medalha de ouro nas Olimpíadas de Pequim. (Wnader Roberto/COB)

A são-carlense Maurren Higa Maggi ficou conhecida mundialmente pelos seus saltos. Oito anos após sua primeira Olimpíada, em Sydney, quando obteve o 25ª lugar, Maurren voltou ao cenário internacional para a retomada de sua carreira, o sucesso em uma Olimpíada.

Com 33 anos, 62 kg, e 1,73 m de altura Maurren traz uma bagagem pesada, cheia de medalhas. A que lhe deu o título de maior nome da história do atletismo feminino no Brasil, foi a medalha de ouro das Olimpíadas de Pequim, quando Maurren saltou 7,04 m.

A atleta teve o privilégio de ganhar a segunda medalha brasileira, de ouro, nos jogos. Sua maior rival, a russa Tatiana Lebedeva, campeã olímpica em Atenas fez 7,03 m, um centímetro a menos que a brasileira. Depois disso Maurren ganhou uma homenagem na cidade de São Carlos. Em 30 de dezembro de 2008 foi inaugurado na praça Coronel Sales, praça central da cidade, um monumento para homenagear o grande feito da atleta.

Em 2003, com a melhor marca do mundo, 7,06 m, no salto em distância, Maurren foi flagrada em exame antidoping dias antes do Pan-americano de Santo Domingo. Assim ficou suspensa do Pan e de Atenas 2004, teve que ficar dois anos afastada, deixou de treinar e foi morar em Mônaco com o piloto Antônio Pizzonia.

Voltou a treinar em 2006 e o que restou do casamento foi a filha Sophia, seu maior incentivo hoje. A readaptação foi rápida, e em 2007 conquistou a medalha de ouro no Rio 2007, no salto em distância, tambem competiu no salto triplo, mas ficou em quarto lugar. Em 2008, no Mundial de Atlestismo Indoor, na Espanha, Maurren saltou 6,89 m e ganhou a medalha de prata. A medalha de ouro veio no mesmo ano, no Troféu Brasil de Atletismo, o segundo melhor salto do mundo em 2008, com 6,99 m.

Em 2009, a atleta ganhou a prova de salto em distância do Grande Prêmio do Rio de Janeiro de Atletismo, com 6,85 m. Maurren terminou duas vezes o ano como nº1 do mundo no salto em distância: em 1999 (7,26 m) e em 2003 (7,06 m). Após tantos saltos e tantas vitórias, a medalhista Maurren Maggi ainda tem fôlego para conquistar mais títulos.

Seja o primeiro a comentar!

Participe, deixe um comentário: