400 metros rasos

Saber poupar um pouco de energia pode ser o segredo nos 400 metros com barreira

por Everson Alves

A prova de 400 metros é conhecida com uma prova muito complicada. É impossível uma pessoa correr mais que 30 ou 35 segundos numa velocidade próxima a sua velocidade máxima. Os corredores dos 400 metros precisam saber negociar uma boa velocidade com a resistência em uma volta completa na pista de atletismo.

Devido à distância da prova, o corredor logo após o tiro de largada não acelera com toda sua força e energia – elas podem fazer falta no final da prova. Com um ritmo 10% menor que nas provas de 100 e 200, a velocidade máxima só vem entre os 100 e 150 metros e ainda assim 5 Km/h mais lenta.

Várias táticas são utilizadas nos 400 metros. A mais comum é:

  • o corredor acelerar forte durante a primeira curva
  • na primeira reta, alívio pequeno do ritmo
  • na segunda curva o atleta se prepara para o ‘sprint’ final
  • nos últimos 100 metros, o atleta usa todas suas forças para terminar a prova exausto

Ao levar o corpo ao limite, o atleta está exposto a inúmeras contusões musculares. Mais uma vez, a prova de 400 metros requer muita coragem e intenso treinamento de resistência.

Eliminatória dos 400 metros rasos nas Olimpíadas de Pequim/2008

Eliminatória dos 400 metros rasos nas Olimpíadas de Pequim/2008. (ECityBlues/flickr)

Seja o primeiro a comentar!

Participe, deixe um comentário: