Doenças cardiovasculares

As doenças cardiovasculares são muito frequentes na vida agitada do mundo moderno.

por Everson Alves

Doença do coração e doenças no sistema sanguíneo são consideradas doenças cardiovasculares. Na maioria das vezes essas doenças são provocadas por causa do excesso de gordura na parede dos vasos sanguíneos. Os fatores de risco que podem provocar uma doença cardiovascular são: antecedentes familiares, idade, vida sedentária, colesterol alto, fumo, bebidas alcoólicas, alimentos ricos em gordura e sal, pressão alta, obesidade, diabetes e stress.

A melhor maneira de tratamento dessas doenças, e de muitas outras, é a prevenção. A prevenção deve ser feita com uma alimentação correta, cheia de legumes, vegetais, frutas e cereais. Os exercícios físicos também ajudam a prevenir. Não fumar, controlar a pressão arterial, o açúcar e a gordura, e fazer exames regularmente depois dos 40 anos também são maneiras de prevenir as doenças cardiovasculares.

Doenças do coração e vasos sanguíneos. (Patrick J. Lynch/wikimedia)

Doenças do coração e vasos sanguíneos. (Patrick J. Lynch/wikimedia)

A doença mais comum é uma doença das artérias coronárias que pode resultar em um ataque cardíaco. As outras doenças cardiovasculares mais frequentes são: acidente vascular cerebral, hipertensão arterial, enfarte do miocárdio, angina de peito e aterosclerose. Quando um paciente procura pelo médico é necessário que o médico conheça os hábitos de vida do paciente, o histórico familiar de doenças cardiovasculares, o que o paciente sente, quais doenças ele já teve e quais medicamentos ele toma.

O médico pode pedir exames de sangue e electrocardiograma. E então é possível dar um diagnóstico correto. Sintomas como dificuldade em respirar, sensação de aperto no peito, dores no pescoço ou no braço esquerdo, alterações no ritmo cardíaco e pernas inchadas podem indicar problemas de coração.

O medicamento indicado para o tratamento das doenças cardiovasculares ajuda a diminuir o esforço do coração, aumentar sua força e ajuda a baixar a pressão arterial.

Seja o primeiro a comentar!

Participe, deixe um comentário: