Sintomas de um ataque cardíaco

Como identificar e como agir quando alguém apresentar um sintoma de ataque cardíaco?

por Everson Alves

Um ataque cardíaco pode ocorrer sem sintomas, mas na maioria das vezes apresentam um ou mais. Muitas pessoas acham que uma simples dor no braço esquerdo ou dor no peito, significam um ataque, porém existem muitos outros sintomas que o identificam.

A dor mais comum em um ataque é a dor a meio do peito, retro-esternal, que pode ser uma sensação de pressão e dor intensa no centro do tórax, durando dois minutos ou mais, a dor pode ser desencadeada por um esforço físico como: subir escadas ou andar rápido. Esta dor pode se espalhar para os ombros, braços, pescoço e também pode subir até o queixo.

Coração em desenho mostrando seu funcionamento durante diástole.

Coração em desenho mostrando seu funcionamento durante diástole.

Náuseas e suores também são sintomas, mas sozinhas não significam, necessariamente, um ataque cardíaco. Alguns ataques ocorrem durante o sono e a pessoa não acorda, porém isto é pouco frequente já que os ataques acontecem em decorrência de um esforço.

Todas as pessoas deveriam saber como agir no caso de alguma emergência. Porém apenas um médico está capacitado a estabelecer diagnósticos. Alguns sinais indicam que o problema é serio, e que é preciso procurar um médico imediatamente. Estes sinais são: dor no peito durante alguns minutos ou horas; dor ou sensação de peso no braço esquerdo; dor com irradiação para as costas, mandíbula ou apenas para a face interna dos braços; formigamento nos braços; falta de ar; suor exagerado ou suores frios; náuseas; vômitos; tonteiras; palidez; ansiedade.

Caso suspeite que você, ou alguém por perto, está tendo um ataque cardíaco, fique calmo e peça ajuda imediatamente. Não ache que os sintomas vão passar, é indispensável a ajuda de um médico com urgência. O diagnostico precoce e o tratamento adequado, são fundamentais para a melhora do paciente.

Seja o primeiro a comentar!

Participe, deixe um comentário: