Amigdalite

A amigdalite pode resultar na retirada das amígdalas através de intervenção cirúrgica.

por Everson Alves

Amigdalite é uma infecção das amígdalas, pode ser uma infecção viral ou bacteriana. A função das amígdalas é ajudar na fabricação de anticorpos para a proteção do organismo, as amígdalas agem como filtros. As crianças são as que mais tem amigdalite, mas os adolescentes e os adultos também podem apresentar essa infecção, claro com menos frequência.

Mudanças de temperatura, exaustão ou antibióticos inadequados, podem causar a proliferação de organismos que estejam na orofaringe, orifício onde as amígdalas ficam, ou vírus e bactérias do meio exterior, podem causar um desequilíbrio da flora e resultar em uma infecção.

Amigdalite

Amigdalite

As pessoas que adquirem uma amigdalite aguda têm dor de garganta ao engolir porque a garganta está inflamada. O indivíduo pode sentir dores no ouvido porque a dor reflete da orofaringe. Febre e mau hálito podem acontecer também. Quando a amigdalite é causada por vírus a pessoa pode reclamar de corrimento pelo nariz, tosse e espirros. As crianças podem apresentar febre, náuseas, vômitos e dores abdominais.

O médico pode diagnosticar se a amigdalite é viral ou bacteriana apenas pelos sintomas apresentados. Dependendo dos sintomas, o médico pode indicar repouso, hidratação, antipiréticos, analgésicos e gargarejos com água salgada morna. Os antibióticos só são eficazes quando a amigdalite é bacteriana, quando é viral não o antibiótico não tem efeito. Uma das complicações da amigdalite bacteriana é a febre reumática.

Cirurgias para a remoção das amígdalas são indicada para as pessoas que tem infecções repetidas. Ou seja, crianças que têm muita amigdalite durante o ano, chegam a ter até 6 vezes ao ano. Com os adultos são indicadas as cirurgias quando acontece uma hipertrofia das amígdalas, o que pode ocasionar doenças do sono como ressonar, apneia, obstrução nasal, dentre outros.

Seja o primeiro a comentar!

Participe, deixe um comentário: