Faringite

A dor de garganta pode ser uma faringite.

por Everson Alves

Faringite, a dor de garganta, é uma inflamação na garganta causada por vírus ou bactéria. É uma inflamação entre as amígdalas e a laringe. A faringite pode acontecer de várias formas, em ocorrência de infecções virais, infecções bacterianas ou por doenças sexualmente transmissíveis. A porta de entrada é a via oral, pessoas doentes podem transmitir a faringite pela saliva ao falar, tossir ou espirrar. As crianças são as que mais pegam faringite, normalmente na idade escolar.

A faringite tem os seguintes sintomas: dor de garganta e dor na hora de engolir, garganta avermelhada, febre, pus na garganta, dor no ouvido, cansaço, aumento dos linfonodos do pescoço e aumento da contagem de leucócitos no sangue. Nas duas formas de faringite a membrana mucosa pode estar totalmente ou parcialmente inflamada.

Faringite

Faringite

Os médicos diagnosticam uma faringite perguntando ao paciente quais os sintomas que ele sente. E podem indicar analgésicos, pastilhas ou gargarejos com água morna e sal para aliviar a dor de garanta. Aspirinas devem ser usadas só por adultos. Antibióticos são indicados apenas para infecções bacterianas, quando a infecção é viral eles não fazem efeito. Alguns médicos indicam repouso dependendo do grau da faringite. A faringite deve melhorar em no máximo uma semana.

Na faringite viral a garganta não apresenta secreção, a febre é baixa ou não há febre, os leucócitos são em número normal ou com pouca diferença. Na faringite bacteriana a secreção na garganta é muito comum, a febre pode ser alta, o número de leucócitos no sangue é maior.

É preciso tomar cuidado, pois a faringite pode ser aguda ou crônica, ela é crônica quando dura por mais tempo. E pode evoluir para uma infecção mais grave como a meningite. Para prevenir a faringite é preciso não compartilhar talheres e copos com os outros, não encostar a boca e o nariz em bebedouros ou telefones públicos, evitar o contato com pessoas doentes e é bom evitar ambientes fechados em dias de muita poluição.

Cigarro, o alto consumo de bebidas alcoólicas, inalação de ar poluído ou a deglutição de substâncias que queimam ou arranham a mucosa que reveste a garganta também podem resultar em uma faringite.

Seja o primeiro a comentar!

Participe, deixe um comentário: