Meningite, uma doença grave

A meningite deve ser prevenida com vacinas

por Everson Alves

A meningite é uma doença que ataca pessoas do mundo todo, pessoas de todas as idades e que causa muita preocupação. Mas são as crianças menores de 6 anos e os idosos são os que mais sofrem com a doença.

As crianças menos de 6 anos ainda não têm o sistema imunológico completamente formado e são muito vulneráveis. Os idosos também são prejudicados, pois têm o organismo mais debilitado.

A meningite, causada por vírus ou bactéria, é a inflamação das meninges, ou seja, das membranas que envolvem o encéfalo e a medula espinhal. Os sintomas da meningite viral são parecidos com os sintomas da gripe ou do resfriado. Mas a meningite bacteriana, além de ser super contagiosa, é muito grave. Fortes dores de cabeça, febre alta, vômito, rigidez no pescoço, moleza, fraqueza e manchas vermelhas pelo corpo são alguns dos sintomas.

Local meningite

Local meningite

A bactéria Neisseria meningitidis causa a inflamação das meninges e também pode causar infecção generalizada. Essa bactéria se hospeda apenas no ser humano. E pode ser responsável por problemas de aprendizado, surdez e até paralisia cerebral.

Essa forma de meningite pode ser transmitida pela saliva. Ela ataca o sistema respiratório e vai para o sistema circulatório em apenas cinco dias. Essa doença mata 10% das pessoas infectadas e age muito rápido. Quando chega à corrente sanguínea e causa infecção, a meningite pode matar em menos de 24 horas. Por isso a prevenção é muito importante.

Quando a meningite é viral, o tratamento é como o da maioria das viroses. Se a meningite for bacteriana o paciente precisa usar antibióticos, através de via endovenosa. As crianças têm uma vacina que faz parte do calendário de vacinação que é administrada aos dois, quatro e seis meses de vida, depois tem as doses de reforço.

Essa vacina protege ainda, as crianças da sinusite e da otite. A vacina reduz muito o número de casos de meningite em crianças. A vacina para os outros tipos de meningite existe, mas tem que ser adaptada para o tipo de bactéria que existe em cada lugar.

Seja o primeiro a comentar!

Participe, deixe um comentário: