Finasterida

Finasterida no tratamento de câncer e calvície.

por Everson Alves

A finasterida é um medicamento usado no tratamento do câncer de próstata e em hiperplasia prostática benigna. Para o tratamento do câncer de próstata o medico normalmente indica 5 mg por dia. No tratamento da calvície a dose indicada é de 1 mg por dia. Travestis e transsexuais utilizam o medicamento junto com hormônios femininos como tratamento hormonal porque a finasterida inibe o ciclo dos hormônios masculinos.

O medicamento foi criado para tratar doenças na próstata, normalmente doenças ligadas ao tamanho da próstata, pois a finasterida diminui o tamanho da próstata. Logo após estudos mostraram que pacientes que tinha problemas de queda de cabelo tiveram um crescimento significativo de cabelo durante o tratamento.

Assim diminuíram a dose do medicamento para o tratamento da queda de cabelos. O único problema é que se parar de tomar o medicamento, o cabelo volta a cair. A finasterida não repõem os cabelos ela apenas impede que eles caiam.

Finasterida no tratamento da calvície. (meg and rahul/flickr)

Finasterida no tratamento da calvície. (meg and rahul/flickr)

O medicamento custa de 20 a 60 reais e é vendido em embalagens de 30 comprimidos. Ele é vendido em farmácias comuns e em farmácias de manipulação. A finasterida é contra-indicada para mulheres e para crianças. Mulheres grávidas não devem usar o medicamento, pois podem ter problemas com a formação fecal.

Os efeitos colaterais do medicamento acontecem com os pacientes que tomam 5 mg, mas há exceções, e os problemas são: diminuição da libido, disfunção erétil, cansaço, problemas com a pressão arterial, perda de condicionamento e menor ejaculação.

Ao utilizar a finasterida no tratamento da queda de cabelos é importante falar com um dermatologista. Caso o tratamento seja para a próstata é importante consultar um proctologista.

Seja o primeiro a comentar!

Participe, deixe um comentário: