Roacutan

Roacutan ajuda a combater a acne e as espinhas.

por Everson Alves

Roacutan é um medicamento usado por muitos adolescentes com vontade de acabar com os problemas de cravos e espinhas e ter uma pele sedosa e limpa. Na adolescência o problema com a acne muitas vezes é grande e acaba incomodando muito os jovens. O roacutan é um medicamento com isotretinoína.

O Roacutan é indicado para tratar apenas casos graves de acne, mas muitas pessoas o usam para controlar a pele oleosa, mesmo sem acnes. O principio ativo do medicamento é derivado da vitamina A. e funciona normalizando a quantidade e o tamanho das glândulas sebáceas, fazendo com que a acne desapareça.

Mesmo com tanto sucesso no tratamento o medicamento não deve ser tomado por conta própria, é necessário que um dermatologista indique o tratamento ideal com roacutan. E ainda, é preciso tomar cuidado com as doses do remédio. O dermatologista pode indicar a dose de acordo com o peso e o grau de problema do paciente.

Roacutan combate acne. (compugeek722/flickr)

Roacutan combate acne. (compugeek722/flickr)

Antes os dermatologistas indicavam uma dose de roacutan diariamente, hoje já foi comprovado que em apenas três dias da semana o resultado já é bom, sendo menor a incidência dos efeitos colaterais. É possível notar as mudanças na pele após 1 mês de uso do medicamento, sendo recomendado normalmente tratamento de 6 meses.

Antes de usar o remédio, o médico precisa pedir alguns exames como colesterol, triglicérides, gravidez, HIV, dentre outros para ter certeza de que o paciente pode usar o medicamento. Ao utilizar roacutan, o paciente precisar ficar atento: a exposição solar ao utilizar o roacutan é necessário proteger muito bem a pele do sol; ao uso de contraceptivos, pois o medicamento pode ser responsável pela má formação de fetos; e o roacutan pode causar problemas no fígado.

O medicamento ainda pode provocar ressecamento labial, nos olhos e no nariz, sangramento nasal, dores musculares e nas articulações, diminuição da imunoresistência, asma, bronquite, dor de cabeça, aumento do colesterol e do triglicerídeos, alterações hepáticas, e por fim, o paciente que fizer tratamento com Roacutan deve evitar bebidas alcoólicas.

Seja o primeiro a comentar!

Participe, deixe um comentário: