Creatina – A creatina como suplemento alimentar

Veja os benefícios da creatina. Procure um especialista ou um médico antes de começar a consumir creatina.

por Everson Alves

Hoje tanto os atletas como as pessoas que praticam esportes apenas nos fins de semana, buscam por suplemento alimentar. Um dos suplementos mais procurado por diferentes pessoas é a Creatina. Um suplemento alimentar tem o objetivo de substituir e completar a ação dos alimentos, gerando mais força e mais energia para o organismo.

Os produtores de suplementos dizem ainda que o suplemento alimentar ajuda a emagrecer e a ganhar massa muscular. O único problema é que os suplementos não são substâncias controladas e por isso são vendidos em qualquer farmácia. O melhor a fazer é procurar um nutricionista para que ele indique o melhor suplemento caso haja necessidade.

Fórmula da creatina

Fórmula da creatina

A creatina é uma substância natural que o organismo produz para ter energia. E pode ser encontrada na carne vermelha ou no peixe e no corpo humano pode ser encontrada no músculo cardíaco, no cérebro, na retina e nos espermatozoides. A creatina ajuda a aumentar a água das células musculares, deixando os músculos mais volumosos.

Especialistas explicam que para ter um músculo trabalhado, o atleta precisa dar ao músculo combustível muscular. Assim os atletas procuram por meios que aumentem a suas fontes de energia. É ai que entra a creatina uma maneira de garantir mais creatina para o organismo podendo aumentar o volume dos músculos além de ganhar mais energia.

O suplemento de creatina pode causar diarreia, náuseas, tonturas e problemas estomacais. O excesso de creatina no organismo pode trazer muitos problemas ao organismo por isso é importante ficar atento. A creatina não pode substituir alimentações feitas com alimentos naturais. Aliás, a creatina não age igual em todas as pessoas, por isso é muito importante procurar um médico.

As dosagens podem ser diferentes, o tempo de utilização pode divergir, depende da modalidade esportiva praticada e do organismo do atleta. Os corredores, por exemplo, devem ficar longe da creatina, como suplemento alimentar. Pois como ela retém líquido e faz o peso do corpo aumentar e assim o atleta precisa fazer mais força para correr.

Seja o primeiro a comentar!

Participe, deixe um comentário: