Dieta dos pontos

A dieta dos pontos surge para facilitar o controle de calorias na alimentação do dia a dia.

por Everson Alves

Uma das dietas mais indicadas hoje em dia é a dieta dos pontos. A dieta dos pontos funciona da seguinte maneira: ao invés de contar as calorias que você ingeriu, você deve contar os pontos que você consumiu.

Como assim? Cada ponto equivale cerca de 3,6 calorias e cada alimento tem uma quantidade de pontos que devem ser somados ao longo do dia para saber qual o total de pontos que você ingeriu naquele dia.

Outra vantagem da dieta dos pontos é que nela você pode comer o que quiser desde que some os pontos e chegue ao valor indicado. Assim é mais fácil para não abandonar a dieta. Ao final do dia as mulheres devem ter cerca de 300 pontos, já os homens podem somar aproximadamente 400 pontos.

Frutas na dieta dos pontos. (theseanster93/flickr)

Frutas na dieta dos pontos. (theseanster93/flickr)

Esta dieta visa uma dieta de qualidade e de variedade, o que gera uma reeducação alimentar porque você passa a conhecer o valor de cada alimento que consome. As pessoas só têm problemas no começo da dieta quando ainda não sabem o valor dos alimentos e quais valem mais ou menos pontos.

Um pesquisador da USP, o Dr. Alfredo Halpern, explica que o sistema de pontos deve funcionar como uma filosofia e não como uma dieta. Antigamente as dietas propunham uma rotina alimentar que acabava não durando por muito tempo, pois as pessoas ficam enjoadas de comer a mesma coisa todos os dias. Diante deste impasse é que surgiu a ideia da dieta dos pontos em que as pessoas poderiam comer de tudo e variar o cardápio sempre que quisessem.

Assim o doutor começou a catalogar os alimentos, colocando uma quantidade de pontos para cada alimento. De acordo com o peso, a altura, a idade, o sexo, os hábitos alimentares e o tipo de atividade física que a pessoa pratica, um nutricionista pode identificar a quantidade de pontos necessários para aquela pessoa.

Na dieta dos pontos se você ultrapassar muitos pontos em um dia, pode reduzir os pontos do dia seguinte, por isso, dá pra comer uma feijoada no domingo e na segunda ser um pouco mais light. Diferente das outras dietas que se você comer uma feijoada, acaba saindo da dieta e quebrando o regime, e por fim desistindo do regime.

O único problema da dieta dos pontos é que as pessoas visam muito os pontos (atribuídos as calorias) e esquecem o valor nutricional dos alimentos. E o corpo não pode ser privado de nutrientes, pois são os nutrientes que ajudam o organismo a funcionar corretamente. Então mesmo com a dieta dos pontos é preciso ficar atento para fazer uma dieta variada, mas equilibrada e saudável.

Seja o primeiro a comentar!

Participe, deixe um comentário: