Perigos de cirurgias ortopédicas da moda

A intervenção cirúrgica ortopédica deve ser o último recurso na maioria dos casos para tratamento de lesões ortopédicas.

por Everson Alves

Alguns estudos mais recentes indicam um crescimento das cirurgias ortopédicas. Até aqui nenhum problema, com o avanço da medicina, novas técnicas vão surgindo e com isso mais mecanismos de se alcançar a cura para as doenças.

O problema ocorre quando a cirurgia não é realmente necessária e é realizada apenas por comodidade, para seguir a tendência ou por exigência do próprio paciente.

Assim como artistas ditam a moda das ruas, as novelas inventam roupas e acessórios a serem copiados por todos, na medicina não é diferente. A ortopedia passa por uma fase interessante, milhões de pessoas pelo mundo estão sendo vítimas de cirurgias desnecessárias e prejudicando sua saúde.

Cirurgias ortopédicas. (Fotos Govba/flickr)

Cirurgias ortopédicas. (Fotos Govba/flickr)

Várias cirurgias podem ser evitadas com medidas simples como: mudança de hábitos de postura, exercícios físicos regulares, fisioterapias e alimentação adequada. É bem verdade que os benefícios podem demorar e a cirurgia pode acelerar o processo de cura. Porém, cirurgias sempre têm seus riscos.

Alguns especialistas mais modernos indicam cirurgia somente em casos extremos. A cirurgia em si já é uma agressão ao organismo.

Consulte sempre um especialista ortopédico para tratar de seus problemas. Em tempos de rígidos padrões estéticos da sociedade e falta de tempo, a cirurgia ortopédica pode ser um atalho bem vindo para a cura de algumas doenças. Porém, os resultados podem não ser tão perfeitos quanto se espera.

Seja o primeiro a comentar!

Participe, deixe um comentário: