Alongamento – Fazer ou não fazer?

O alongamento é questionável para a prática de atividades físicas leves, como uma simples caminhada. Para esportes de competição, sua importância ainda é bastante discutida.

por Everson Alves

O alongamento é muito confundido com o aquecimento. Antes de qualquer atividade física devemos preparar o nosso corpo para enfrentar a prática do esporte. Alongar significa realizar exercícios que estimulam a flexibilidade dos músculos. Aquecimento é começar o treino numa intensidade baixa e ir incrementando o ritmo.

As vantagens do aquecimento antes da prática do esporte já estão comprovadas. Porém, quando o assunto é alongamento, surgem vários questionamentos. O alongamento antes das atividades físicas sempre foi discutido. Os estudos mais recentes indicam que o alongamento estático antes do treino não traz muitos benefícios para o corpo. Pelo contrário, pode até reduzir o desempenho do atleta.

Alongamento solitário no gramado. (tonydude919/flickr)

Alongamento solitário no gramado. (tonydude919/flickr)

Então o alongamento não deve ser realizado nunca? Deve sim, com certeza os benefícios do alongamento são muito importantes para os músculos e tendões do corpo. O detalhe é quando fazer. Especialistas concordam que o alongamento após a atividade é extremamente recomendado.

O alongamento a qualquer hora do dia e especialmente após o treino é muito importante. Assim como a Ioga, pode ser uma prazerosa atividade social em grupo. O alongamento pode ser praticado por todas as idades, desenvolve o controle da respiração, reduz as tensões musculares e ainda promove um relaxamento muscular.

Seja o primeiro a comentar!

Participe, deixe um comentário: