Aquecimento antes do exercício pode prevenir lesões

A prática do aquecimento deve ser incentivada e levada a sério!

por Everson Alves

Quando estamos na escola, nossos professores de educação física sempre ensinam que antes de qualquer atividade física é preciso fazer um aquecimento. Para aquecer, os professores passam algumas brincadeiras para as crianças se esquentarem. O aquecimento é a preparação para a atividade física.

O objetivo do aquecimento é deixar o atleta psicológica e fisiologicamente pronto para qualquer atividade física. O aquecimento prepara também o aparelho cardiorrespiratório e estimulando o sistema locomotor. Assim, o organismo pode prevenir lesões com o aumento da temperatura corporal.

Aquecimento coletivo realizado em competição. (minor9th/flickr)

Aquecimento coletivo realizado em competição. (minor9th/flickr)

Essa elevação de temperatura pode aumentar a taxa metabólica, o fluxo sanguíneo, a quantidade de oxigênio nos músculos, a capacidade em suportar maiores cargas e uma melhora na coordenação motora. Esses benefícios podem evitar lesões. Com a temperatura muscular baixa, ou seja, abaixo da temperatura ideal do corpo para prática esportiva, os músculos podem ficar mais “fracos”.

Alguns especialistas dividem o aquecimento em passivo, geral e específico. O passivo é quando a temperatura dos músculos aumenta por fatores externos como massagem, sacos quente, banhos, dentre outros. O aquecimento geral além de proporcionar um aumento da temperatura corporal e muscular, ainda prepara o sistema cardiovascular, pulmonar e desperta um estado de alerta e atenção. Pular corda, andar na esteira ou na bicicleta ergométrica provocam o aquecimento geral. O aquecimento específico é um aquecimento com exercícios parecidos com os que devem ser feitos após o aquecimento, mas com menos intensidade.

Alguns fatores influenciam no aquecimento como idade, período do dia, motivação, tipo de atividade e de ambiente. O aquecimento pode ser feito seguido de alongamentos específicos para proteger ainda mais os músculos.

Seja o primeiro a comentar!

Participe, deixe um comentário: