Endorfina, o barato da corrida

A endorfina ganhou muita fama como substância do bem-estar. A prática da corrida pode ativar a liberação da endorfina no corpo.

por Everson Alves

Uma substância natural, produzida pelo próprio organismo, a endorfina é um neurotransmissor. Endo significa interno, morfina significa analgésico. Este neurotransmissor tem uma ação analgésica e quando liberada promove uma sensação de bem-estar, de euforia.

A endorfina relaxa e dá prazer. A glândula hipófise e o hipotálamo são responsáveis pela produção da endorfina. Essa produção acontece quando a pessoa pratica exercícios físicos. É por isso que dizem que fazer exercício vicia. O sexo também faz com que o organismo libere endorfina, por isso que alguns casais relaxam tanto após a prática que chegam a dormir.

Garotas correm descalças na praia. (mikebaird/flickr)

Garotas correm descalças na praia. (mikebaird/flickr)

Algumas pessoas se sentem irritadas, depressivas, ansiosas e de mau humor quando deixam de praticar uma atividade física. As endorfinas melhoram a memória, o estado de humor, aumentam a resistência, a disposição física e mental, melhoram o sistema imunológico e aliviam dores.

Algumas atividades aeróbicas liberam endorfina. O ciclismo, a natação e a corrida são algumas. A corrida é um esporte que faz o organismo do corredor produzir muita endorfina. Ao participar de competições de longa duração, treinar longas distâncias ou treinar continuamente o organismo do atleta produz endorfina, dando a sensação de tranquilidade, de paz. Essa sensação dura enquanto os músculos perdem a reserva de glicogênio.

A endorfina é liberada gradualmente à medida que o exercício é praticado e continua sendo liberada durante os minutos seguintes. Pesquisas dizem que aproximadamente duas horas após a prática esportiva ainda há a liberação do hormônio. Se os treinos forem muito duros com o corpo, a pessoa não produz a endorfina. Para priorizar bons treinos e o bem-estar da endorfina, o atleta precisa saber equilibrar os treinos.

Seja o primeiro a comentar!

Participe, deixe um comentário: